10 Piores sistemas operacionais de todos os tempos

Hoje vamos mostrar uma lista com os dez piores sistemas operacionais de todos os tempos. Sim, é isso mesmo que você leu. Talvez alguns não tenha sido da sua época, ou até mesmo, você não chegou a utilizar algum que faça parte dessa lista, mas vale a pena conferir cada um.

Logo quando surge um novo sistema operacional no mercado, cria uma expectativa enorme no mundo da computação. Todos querem saber como o sistema se comporta

em relação a desempenho, design, enfim, uma série de fatores que faz um sistema operacional ser considerado excelente. Mas muitos acabam frustrando, a empresa Microsoft que o diga, já decepcionou seus milhares de fãs com alguns lançamentos, o Linux também não está fora dessa lista. Abaixo confira a lista com os dez piores sistemas operacionais de todos os tempos.

10 Piores sistemas operacionais de todos os tempos

1. Windows ME

Após o lançamento do Windows 98 a Microsoft conseguira um feito e tanto: emplacara com sucesso 3 sistemas operacionais seguidos. Windows 3.1, Windows 95 e Windows 98 foram responsáveis por significativas melhorias no principal produto da companhia, que agora mirava o simbólico ano 2000 e a virada do milênio. Para comemorar, nada melhor do que uma igualmente bem sucedida quarta versão seguida do Windows. E foi assim, envolto em muita expectativa, que o Windows ME chegou ao mercado em 2000. Visualmente o Windows ME era bastante semelhante ao Windows 98 e as diferenças eram muito sutis. No entanto, com ele a Microsoft passou a oferecer ao usuário doméstico uma nova experiência multimídia, com suporte nativo a arquivos MP3, a inclusão do Movie Maker para autoração e compartilhamento de vídeos e maior suporte a redes domésticas. Uma outra grande adição foi a aparição de um recurso que se faria presente em todas as demais versões do Windows dali para frente: a Restauração do Sistema. As novidades, que não eram tão evidentes aos olhos dos usuários comuns, acabaram passando despercebidas e o que sobrou do Windows ME foram as críticas à instabilidade do sistema. Há quem diga que a Microsoft o fez às pressas para ser lançado antes da virada do milênio e outros que dizem que os novos recursos não foram suficientes para justificar um novo sistema operacional. No fim das contas, o Windows ME foi descontinuado treze meses após seu lançamento e foi classificado como o quarto “Pior produto tecnológico de todos os tempos” pela PC World, que o etiquetou de “Windows Mistake Edition” após vários usuários relatarem “problemas para instalá-lo, fazê-lo funcionar, colocá-lo para reconhecer com outros hardwares e softwares e fazê-lo parar de funcionar”.

2.  Windows Vista

Windows Vista – Eu odiei esse sistema operacional da Microsoft mais do que o Windows ME e o Windows 8. Após o Windows XP, a Microsoft lançou o Windows Vista no dia 08 de novembro de 2006. Mas o OS foi um enorme desastre, por causa da sua lentidão, seu hardware e incompatibilidades de software, seu alto custo, suas versões confusas, problemas de segurança e outras coisas que o tornaram um dos sistemas operacionais piores de todos os tempos.

3.  Windows 8

Microsoft Windows 8 introduziu grandes alterações na interface da plataforma e do usuário do sistema operacional para melhorar experiência do usuário. Windows 8 foi o primeiro sistema operacional da Microsoft, que introduziu interface de menu com azulejos que não era adequado para a maioria dos computadores. A ideia inicial foi até boa já que muitas pessoas abandonaram desktops e notebooks com a chegada dos tablets. Mas quem usava computador se sentia muito confuso, principalmente pelo o fato do sistema não possuir o famoso menu iniciar tradicional. Além disso o sistema teve inúmeras incompatibilidades, o que forçou a empresa fazer uma atualização para o Windows 8.1

4. Lindows

Lindows uma mistura de Linux e Windows. Lindows surgiu pela primeira vez em 2001, prometeu deixar executar todas as aplicações do Windows no Linux. Dentro de alguns meses Lindows Inc. percebeu que era uma má ideia executar programas do Windows no Linux mesmo com winner, a empresa não conseguiria dar um suporte a altura e acabou encerrando o projeto.

5. Java OS

O JavaOS é um sistema operacional com uma máquina virtual Java como um componente fundamental. Ele é desenvolvido pela Sun Microsystems. Diferentemente do Windows, Mac OS ou Unix, que são primariamente escritos em linguagem C, o JavaOS é escrito primariamente em Java.

Em 2006, a Sun considerou o JavaOS um projeto obsoleto e passou a recomedar o uso do Java ME. Entretanto, o Java ME não é um sistema operacional, e sim uma especificação de API que roda em cima de um sistema operacional qualquer.

6. Symbian

Symbian é um sistema operacional móvel (OS) e plataforma de computação, projetado para smartphones, sob conduta da Nokia é mantido pela Accenture desde 22 de junho de 2011. A plataforma Symbian é o sucessor do Symbian OS e Nokia Series 60 , Symbian OS, ao contrário, que precisava de um adicional de interface de usuário do sistema. A versão mais recente é Symbian ^ 3, foi lançada oficialmente no 4º trimestre de 2010, usado pela primeira vez no Nokia N8 . Em maio de 2011, uma atualização, Symbian Anna, foi anunciada oficialmente, seguido por Nokia Belle (anteriormente Symbian Belle) em agosto de 2011. O sistema Symbian OS foi originalmente desenvolvido pela Symbian Ltd. É um descendente de Psion ‘s EPOC e executa exclusivamente em processadores ARM. Atualmente Symbian ^3 é baseada na antiga interface da Nokia Séries 60, atual S60, e Symbian^2 na interface OPP produzida pela NTT DoCoMo.No dia 24 de janeiro de 2013 a Nokia decidiu não criar mais dispositivos com Symbian, mas ele deverá ser mantido em atualizações básicas para os últimos smartphones lançados como o Nokia 808 Pureview pelo menos até Dezembro de 2015 quando a Microsoft (atual dona da Symbian após a compra da Nokia) desligou os servidores de atualizações OTA (over the air).

7. MS-DOS 4.0

A Microsoft ainda estava perdendo muito tempo em 1988 com MS-DOS. As versões anteriores do sistema operacional realmente não eram ruim para aquela época; MS-DOS 3.3 foi um sistema realmente bom. Mas então veio o MS-DOS 4.0. Programas quebravam facilmente e te deixa na mão em meio a uma tarefa. E sempre aparecia a famosa tela azul da Morte.

8.  Windows 1.0

Windows 1.0 foi o primeiro da família Windows. Inicialmente, o Windows não era um sistema operacional próprio, mas sim uma interface bidimensional entre o DOS e o usuário. Suas funcionalidades eram relativamente limitadas. O que tornava muito frustante ter o sistema operacional em seu computador.

9. Corel Linux

Corel Linux, também conhecido como Corel LinuxOS, foi um sistema baseado no Debian feito pela Corel, que iniciou os testes beta em 21 de setembro de 1999] e fez o lançamento ao público em 15 de novembro de 1999. Ele competiu principalmente contra Windows 98 e do Windows 2000 da Microsoft, além do Mac OS 9 da Apple. Corel depois interrompeu a distribuição, mas não removeu o site do ex-Corel Open Source Development que ficou disponível até março de 2002.

10. ITS (Incompatible Timesharing System

O Laboratório de IA usava um sistema operacional de timesharing denominado ITS (Incompatible Timesharing System – Sistema incompatível de tempo compartilhado) que os hackers 1 da equipe do laboratório tinham projetado e escrito em linguagem Assembler para o PDP-10 da Digital, um dos maiores computadores da época. O sistema acabou sendo descontinuado e entrou na lista dos piores sistemas. Confira também nossa lista com 10 sistemas operacionais para hackers e pentesters.

 

Deixe uma resposta